sábado, 11 de dezembro de 2010

A nova onda do Marketing - Felipe Neto Co.

Hello crazy folks!
(esse post parece chato mas é um alerta, leia até o final)

Hoje vou falar sobre Mensagens subliminar e Lavagem Cerebral. Dois temas que estão intimamente interligados e que fazem parte do nosso dia a dia. Não, não é exageiro. Primeiramente, vamos definir:

Segundo o tio Wiki, "Mensagem subliminar é a definição usada para o tipo de mensagem que não pode ser captada diretamente pelos sentidos humanos. Subliminar é tudo aquilo que está abaixo do limiar, a menor sensação detectável conscientemente. Importante destacar que existem mensagens que estão abaixo da capacidade de detecção humana - essas mensagens são imperceptíveis, não devendo ser consideradas como subliminares. Toda mensagem subliminar pode ser dividida em duas características básicas, o seu grau de percepção e de persuasão".

Segundo o mesmo tio Wiki, "Lavagem cerebral (também conhecido como Reforma de pensamento ou Reeducação) é qualquer esforço constituído visando premir certas atitudes e crenças de uma pessoa - crenças consideradas indesejáveis ou em conflito com as crenças e conhecimentos das outras pessoas. Motivos para a lavagem cerebral podem incluir o objetivo de afetar o pensamento e comportamento do indivíduo que o sistema de valores padrão considerada indesejavél. A lavagem cerebral é atualmente um elemento forte na cultura popular globalizada e muitas vezes é retratada como uma teoria conspiratória".

Bom, eu não sei se considero o que eu vi como Lavagem Cerebral ou Mensagem Subliminar. O que eu sei é que comercialmente, pessoas são induzidas por imagens e sons em propagadas televisivas ou de rádio para utilizar ou experimentar o produto em questão. E não é exageiro, vejamos alguns exemplos:

No Brasil, a legislação nos diz:
"Art. 36. A publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal."

"Parágrafo único. O fornecedor, na publicidade de seus produtos ou serviços, manterá, em seu poder, para informação dos legítimos interessados, os dados fáticos, técnicos e científicos que dão sustentação à mensagem."

Porém, o mau uso das tecnologias e dos conhecimentos, torna a mensagem subliminar totalmente inconstitucional. E alguns casos foram punidos pela justiça, como:

- Cigarros Free, Souza Cruz, 2001. Propaganda retirada do ar devido ao ministério público (promotor Guilherme Fernandes Neto) considerar que estimularia crianças e adolescentes a fumar, baseado em análise de psicólogos que analisaram o texto da propaganda e a existência de mensagem subliminar, onde por três décimos de segundo aparecia uma pessoa fumando, seguida de outra pessoa fumando em três décimos de segundo também.
- Creme Dental Close-Up, Unilever, 2003 - Uso de palavras de baixo calão escritas em alguns quadros de propaganda. O Conselho de Ética do Conar decidiu pela alteração da propaganda.


- O filme infantil Madagascar. O juiz Alexandre Morais da Rosa, da Vara da Infância e da Juventude de Joinville, município da região norte de Santa Catarina, proibiu a exibição do desenho animado Madagascar nos cinemas da cidade.


No último caso acima, o juiz acatou representação do advogado George Alexandre Rohrbacher, considerando que "o filme, de maneira 'subliminar' (na verdade, subentendida), passa mensagens de estímulo ao consumo de drogas, especialmente o ecstasy". Ele citou uma passagem do filme, onde um dos personagens reclama da ausência de 'balinha' em uma festa rave". A "balinha" é sinônimo de "ecstasy", reforçou o juiz. Madagascar recebeu classificação Censura Livre, pelo Ministério da Justiça. (informações do site Wikipédia novamente).

Para você, mancebo que não curtiu a quantidade de texto que coloquei, agora vem alguns exemplos em vídeo e figuras, para você não ficar entediado.

Na década de 90, a Coca-Cola foi criticada por uma propaganda que passava o dia inteiro na televisão. Vejam:


Essa propaganda tem claramente indícios de lavagem cerebral. Não por tentar induzir alguém a fazer algo que não quer, mas nessa época, a primeira resposta que a gente dava ao garçom para a pergunta: "O que você quer beber?" era Coca-Cola. E depois a gente mudava, quando era o caso. Imagens rápidas, música fácil, na época um ritmo legal, e sempre a logo da Coca-Cola no fundo. Quem é da época, com certeza se lembra da musiquinha.

E não venha me dizer que esse não era o intuito!

Pois bem, me ocorreu hoje, descansando após uma semana corrida, de assistir um vídeo do famoso videoblogger Felipe Neto. E não é que acabei encontrando o mesmo método no seguinte vídeo:


E em outros também. Perceberam? Não?

Durante o video, um texto é exibido em menos de um segundo. Em branco, preenchendo toda a tela. Tive o trabalho de parar o video e tirar a imagem para refletirmos:

O texto passa desapercebido durante o video, porém se você começar a se incomodar e parar como eu, vai notar. Isso me deixou curioso, e resolvi procurar no Twitter pelo tag acima: #podeser.

Logo vi uma pessoa dizendo "Pepsi #podeser". Opa!!! Peraí! Outra coisa me chamou atenção nesse vídeo:

Há uma clara propaganda da Pepsi, dizendo que você pode experimentar coisas diferentes, e indiretamente afirmando que você sempre pedir o mesmo te faz um babaca. Bom, podia ser apenas uma "viagem" minha, mas veja o que encontrei em 1 min de pesquisa no Youtube:


Coincidência né? Não! Isso pra mim é antiético. Portanto, se você é um adorador do Deus Felipe Neto, ou apenas gosta do que ele fala, fique atento. Estão te empurrando por guela abaixo um produto. E sim, na minha opinião isso é muito bem pensado!

Todas as opiniões acima não são acusações, e como o próprio nome já diz, são opiniões. Minhas! E ninguém tem nada a ver com isso. Apenas expus no sentido de mostrar o que penso, e não de denegrir a imagem de quem quer que seja.

Diga tchau, Lilica!
==================
Sempre... Coca-cola!
#podeser Pepsi!

4 comentários:

Ivenss disse...

Carai, parei de ver um pouco de TV por causa dessas lavagens cerebrais, agora isso tem na internet tb???

Ahh, só pra acrescentar algo. Já viram o novo comercial da Mentos??? Veja e me diga se não é uma apologia as dooorgas.

Nobre Vagabundo disse...

Vou caçar no Youtube. Sério? PQP!

Nobre Vagabundo disse...

A reclamação que eu tive: o post é muito longo e com muito texto. #pqp

The_Slim disse...

CARACA ISSO EH PERIGOSO!!!! Isso explica muita coisa nesse mundo... *tipo restart*